fbpx

Além das salas de aula: 4 maneiras de aprender mais sobre empreendedorismo

Um estudo realizado pelo Sebrae e a Fundação Roberto Marinho em parceria com o CDE, mostrou que apenas 44% dos professores no Brasil tentam aplicar educação empreendedora em sala de aula. O levantamento, intitulado Educação empreendedora: percepção dos educadores, ouviu 605 professores em diferentes regiões do país e foi apresentado na última quarta-feira, 1º de junho, durante o Encontro do Ecossistema de Educação Empreendedora, em Fortaleza.

O número surpreende, se considerarmos que as aulas sobre empreendedorismo estão previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC),  documento que dita quais são as habilidades e conhecimentos essenciais para a educação de base e que devem ser ensinados nas escolas do Brasil. Mas a falta de tempo e de conhecimento dos docentes sobre o tema ainda impede que a educação empreendedora seja uma realidade na maior parte do país.

Além disso, não é a primeira vez que um estudo mostra que a educação empreendedora no Brasil vem performando negativamente. Em 2019, o relatório anual da Global Entrepreneurship Monitor (GEM) realizou uma entrevista com 67 especialistas da área, que avaliaram com uma nota de 0 a 10 algumas afirmações sobre a educação empreendedora no ensino de base e no ensino superior brasileiro. A nota apresentada no relatório final é a média entre todas as 67 respostas. 

Continue lendo: https://exame.com/pme/alem-das-salas-de-aula-4-maneiras-de-aprender-mais-sobre-empreendedorismo_red-01/

Veja mais