fbpx

Mais jovem, empreendedorismo cresce entre mulheres de 18 a 30 anos

No início da pandemia de Covid-19, Marisol Kiyoko Hoshina decidiu levar adiante a ideia de ter um negócio próprio. Formada em relações públicas, e então com 30 anos de idade, tentou diversos caminhos. Começou importando objetos do Nepal para o Brasil, ideia que acabou não dando certo pelo aumento do dólar. Depois disso, resolveu vender alimentos plant based, já que tinha conhecimento desse mercado.

“Reformei a cozinha para estar de acordo com as normas, pois já trabalhei na parte de segurança alimentar, então sabia como funcionava. Comecei a investir, mas notei que ainda não era o que eu procurava como empreendedora”, conta.

Continue lendo: https://exame.com/pme/mais-jovem-empreendedorismo-cresce-entre-mulheres-de-18-a-30-anos/

Veja mais